Nota de Pesar

Falecimento

A Agência de Jornalismo Focaia se solidariza com os familiares e colegas da servidora Cassandra Gonzaga Silva, a qual atuou na Associação dos Docentes da Universidade Federal de Mato Grosso, Campus Araguaia (Adufmat - Araguaia) por cerca de dez anos, responsável pelo setor administrativo. 

Cassandra faleceu na madrugada de ontem (17), devido a uma pneumonia que se agravou. O sepultamento ocorreu hoje (18), pela manhã, no cemitério de Nova Barra.

A servidora formou-se em Letras pela UFMT Araguaia e atuou na rede pública de ensino. Na Adufmat, colaborou intensamente com os movimentos docentes.

Cultura

Reportagem
Vasco Aguiar
Kelly Freitas

   Foto: Kelly Freitas
Coral UFMT Araguaia será a atração musical na abertura da Semana de Tecnologia no IFG de Itumbiara (GO).


O Coral UFMT Araguaia se apresenta na próxima terça-feira (17), na abertura da Semana de Educação, Ciência e Tecnologia (Secitec) do Instituto Federal de Goiás (IFG), Campus Itumbiara. O tema do concerto é “Caminho das Águas”, trazendo um repertório repleto de clássicos da música popular brasileira.

Em relação à escolha do tema para as apresentações, o maestro do coral, Marco Donisete Campos, explica que "partiu de uma música gravada pela cantora Maria Rita, chamada ‘Caminho das Águas’”. Ele ressalta a relevância de pensarmos o valor da água e sua iminente escassez, e com isso, darmos valor a este bem que, segundo ele, merece ser mais bem cuidado. 

Na ocasião haverá também uma parceria entre o Coral UFMT Araguaia com o Coral Incantus, do IFG Itumbiara, composto por alunos daquela instituição e membros da comunidade externa. Será apresentada pelos dois corais a peça “Canção da partida”, de Dorival Caymmi. A regente do coro goiano, Daniela Oliveira, se diz muito empolgada com a apresentação. “Será uma linda noite, com certeza. A expectativa é das melhores possíveis”, comemora.  

A regente explica que a ideia de convidar o coro da UFMT Araguaia surgiu durante conversa com o maestro Marco Donisete. “Em razão da Semana de Ciência e Tecnologia, pensamos em unir os corais para esta apresentação como troca de experiências. Achamos a ocasião pertinente para este encontro”, conclui.

A apresentação será às 19h30, no Auditório do Instituto Federal de Itumbiara.

O evento

A programação da Secitec deste ano está bastante diversificada, e tem como um dos destaques a palestra de abertura “O Prazer da Matemática: Mágicas, Jogos, Brincadeiras, Desafios e Aplicações”, que será realizada pelo professor Leo Akio Yokoyama. O palestrante leciona no Colégio de Aplicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), e se dedica a um canal na internet onde publica vídeos sobre o uso da matemática no transporte, na agricultura, no meio ambiente, nas cidades e em diversas outras situações cotidianas.

Além de palestras, cursos, exposições, feira de troca de livros, sessão de pôsteres e apresentações culturais, também estão programadas atividades específicas da área da Física, Química, Filosofia, Informática, Matemática, Libras, Robótica, entre outros, tanto no Campus Itumbiara quanto nas ações itinerantes em algumas escolas da cidade.


Fonte: site do evento

Esporte Universitário

Agência Focaia
Reportagem
Letícia Leite 
Bárbara Argolo

Imagens - rede social Tectônica
A Associação Atlética Acadêmica Professor Magno Silvestri, conhecida como Tectônica (nome fantasia), é a mais nova atlética da Universidade Federal de Mato Grosso, Campus Araguaia, com início das atividades em 2017. Suas cores são o laranja e preto, e sua mascote um viking.

A ideia da Atlética surgiu com a fundação do centro acadêmico do curso de Geografia, em 2014, por que os estudantes viram a necessidade de ter representação nos jogos acadêmicos. Dois anos depois, após reuniões com os membros do Centro Acadêmico (C.A), o estatuto pronto, faltava ainda alguém se prontificar a assumir o cargo de presidente. Em 2017, durante a recepção dos calouros de Geografia, foi proposta a formação da atlética aos estudantes do curso. Alguns acadêmicos mostraram-se interessados em construir uma chapa para a diretoria.

De acordo com a presidente da atlética, Lahila Martins, o objetivo de criar a atlética seria mostrar a cara do curso. “Os discentes do campus ainda não conhecem os integrantes da geografia que fazem parte da agremiação esportiva, e a atlética se torna uma ferramenta para dar visibilidade ao curso como um todo”. O 1º Secretário, Alberto Lucas, afirma: "queremos acender o curso, visto que, ele é um pouco apagado pela falta de tempo dos alunos”, conclui.

Integração esportiva

A diretoria pretende realizar futuramente a primeira calourada da Tectônica. O curso está analisando possíveis locais para o evento, recursos e decoração. Existe a possibilidade de que o tema esteja na mesma linha da logomarca, os vikings, porém, ainda não há nada confirmado. “Estamos muito empenhados e queremos que seja uma boa festa. Por isso, pretendemos deixar o valor acessível aos estudantes", ressalta Martins.

O primeiro evento elaborado pela diretoria da tectônica (foto ao lado) foi realizado nos dias 29 e 30 de agosto. Na ocasião, foi promovido o campeonato de truco em dupla, no espaço de vivência da UFMT/CUA.  

O curso planeja formar times para que seja possível participar dos Jogos Intercursos e está procurando uma maneira de formar um grupo de “Cheerleaders” (líderes de torcida). A atlética está à procura de parcerias para melhor socialização dentro do campus. Segundo a presidente, “nós somos a nova pessoa [atlética] na escola e queremos nos enturmar”.

Ela afirma que recentemente foram feitas modificações nas tomadas de decisões da diretoria. De acordo com Martins, “existem reuniões ordinárias, extraordinárias e assembleias gerais. Antes, todos os alunos votavam, entretanto, com a atlética instituída, o direito de voto passa a ser somente dos membros e associados”.

Companheirismo

Para a diretoria, ainda que a atlética seja um projeto novo, é esperado companheirismo, objetivando o crescimento do curso. Segundo o representante do C.A de Geografia, Diego Brito, a intenção é dar suporte e apoio à atlética Tectônica, “tomamos a atlética como um filho e vamos nos empenhar ao máximo". 

Diretoria

A diretoria da tectônica é composta por:  Lahila Martins (Presidente); Luana Galdino (Vice-presidente); Alberto Lucas (Secretário); Sabrina Ribeiro (Tesoureira); Aline Vasco (Diretor de Esportes); Rayani Camargo (Diretor de Eventos); Francisco Augusto (1° Suplente Esporte); Túlio Felipe (1° Suplente de Eventos); Vanessa Conceição (1° Suplente  Financeira); Djniffer Oliveira (2° Suplente de Eventos); Fabiano Silva (5° Suplente); Josiell Lucio (6° Suplente) Josiell Lucio.

Saúde

Agência Focaia
Redação
Gabriel  Green Fusari

Foto: Camilla Jéssica
Estudantes do curso de direito  da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Campus Universitário do Araguaia (CUA) se  juntaram para criar o projeto “caixinha solidária”, Inspiradas pela página “Feminismo no Interior”, liderado pelas alunas Camilla Jéssica Pereira Soares e a irmã graduanda de Arquitetura e urbanismo na UNEMAT de Barra dos Bugres, Amanda Janaínne Pereira Soares. 

O trabalho social consiste em uma pequena caixa com utensílios de emergência à disposição das estudantes do campus, como absorventes, lixas, curativos, remédios de cólica e dor de cabeça, algodões e outros itens de higiene pessoal. A proposta  obteve popularidade por diversas páginas de feminismo, assim como Feminismo no Interior, além de mobilizar alunas pelo país.

Inicialmente os objetos foram deixados no toalete do  bloco que abriga o curso de Direito da universidade. Logo após, a ideia se espalhou por todas as unidades universitárias, em Barra das Garças e Pontal do Araguaia, em Mato Grosso.
                                                                                                   Foto rede social - divulgação
A aluna Nathalia Santos, do 4° semestre do curso de Direito e usuária do projeto, entrevistada pelo Focaia, comenta que ela vê a atitude interessante por criar nas meninas um sentimento solidário dentro do campus.

O movimento também abrange outras cidades como Fortaleza, São Paulo e Juína, onde teve inicio a publicação da página Feminismo no Interior, que hoje tem mais de 2.500 seguidores no Instagram e Facebook. Foto ao lado, Caixinha Solidária localizada no bloco de Engenharia Civil

 ***

Link para a página Feminismo no Interiorhttps://facebook.com/feminismonointerior/ 

Formação Acadêmica

Agência Focaia
Redação
Giulia Sacchetti

A Universidade Federal de Mato Grosso, Campus Universitário do Araguaia (UFMT/CUA), com o Instituto de Ciências Biológicas e da Saúde (ICBS) iniciou nesta sexta-feira (6) o curso de “anatomia aplicada à prática clínica”, com término previsto para fevereiro do ano que vem. Como afirmam os organizadores, o objetivo é atender os estudantes da UFMT, mas também de toda região do Araguaia.

Segundo a coordenadora do curso, Dra. Luana dos Anjos Ramos, (foto ao lado) o objetivo do curso de extensão universitária é atender os graduandos e graduados da área de ciências biológicas e da saúde, ao complementar sua formação, aprofundando melhor os conceitos de anatomia. “A ideia é que o curso seja com base teórica e prática, aberto aos alunos de toda região, não somente de nossa universidade” destaca a coordenadora.

A avaliação será feita às sextas-feiras através de seminários e módulos quinzenais de oito horas. O curso terá a participação de professores da universidade e de outras instituições, gerando certificado de horas complementares para a formação curricular dos estudantes, que serão obtidas ao final do curso.

Para realizar a inscrição, o aluno deve enviar seus dados através do email luana.anjosramos@gmail.com

Revista científica


Agência Focaia
Colaborador
Alfredo Costa






A revista Cambiassu (UFMA) está com sua chamada de trabalhos aberta até o dia 15 de outubro, para a publicação de sua próxima edição em dezembro de 2017.