FNPJ em Goiânia debate a crise do Jornalismo brasileiro


Evento Científico 

Agência Focaia
Luís Felipe Rodrigues


http://www.fnpj.org.br/aplicativos/imagem.php?arquivo=../dados/imgnot/16-enpj-vertical-colorida-892.jpg&altura=250&largura=400
O Fórum Nacional de Professores de Jornalismo (FNPJ) e a Comissão Organizadora Local  (Goiás), formada pelo curso de jornalismo da Universidade Federal de Goiás (UFG), da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC/GO) e a Faculdade Araguaia realizam nos dias 28, 29 e 30 de setembro o 16º Encontro Nacional de Professores de Jornalismo (16º ENPJ).

Este ano o evento será realizado em Goiânia (GO), na sede da Faculdade Araguaia, com o tema “Editorialização ideológica e as distorções éticas no jornalismo: como as universidades percebem e encaminham a questão”, debatendo sobre o atual momento da mídia brasileira.

Professor do curso de jornalismo da UFMT, Campus Araguaia, e secretário geral do fórum, Edson Spenthof (foto), analisa que o tema vem ao encontro da discussão sobre o papel da mídia neste momento de crise política no Brasil, em que os meios de comunicação assumem papel de protagonistas nas disputas partidárias. “É tão sério o que esta acontecendo (a imposição e distorção de informações) que a mídia internacional esta dizendo: Não sei o que está acontecendo no Brasil! Está totalmente fora dos padrões”, salienta.
                                                                                                             Foto - Karin Sampaio
O evento promoverá ainda discussões sobre as Novas Diretrizes Curriculares Nacionais (DCNs), com apresentação do Programa de Monitoramento de Violação dos Direitos Humanos na mídia brasileira, desenvolvido pela Agência de Noticias dos Direitos da Infância e Adolescência (ANDI) e um painel sobre a avaliação dos cursos de jornalismo, com a presença de integrantes do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (INEP). 

Durante o evento ocorre o 9º Ciclo Nacional de Pesquisa em Ensino e Extensão em Jornalismo, nos dias 29 e 30 de setembro, organizado em forma de seis Grupos de Pesquisa (GPs): Atividades de Extensão, Pesquisa na Graduação, Produção Laboratorial – Impressos, Produção Laboratorial – Eletrônicos, Ensino de Ética e de Teorias do Jornalismo e Projetos Pedagógicos e Metodologias de Ensino. 

Na oportunidade também será feita a celebração dos 50 anos de criação do curso de jornalismo da Universidade Federal de Goiás (UFG).

As inscrições de trabalhos estão abertas e podem ser feitas até o dia 30 de agosto no site do Fórum Nacional de Professores de Jornalismo. 

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta postagem.