Estudantes ocuparam na manhã dessa sexta-feira (27) a Escola Estadual Ubaldo Monteiro da Silva, em Várzea Grande. É a quarta escola a passar pela ocupação que faz parte de um movimento estudantil contra projeto do governo de Parceria Públicio-Privada (PPP) para terceirizar serviços nos colégios de Mato Grosso. A Escola Dunga Rodrigues, no entanto, foi desocupada por decisão do movimento.

De acordo com os estudantes que participam da ocupação, cerca de 50 alunos participam do ato. “O movimento ficará até o governo recuar com essa proposta que tem, na verdade, o objetivo de precarizar nossa educação e terceirizar serviços para a iniciativa privada lucrar”, afirma Lucas Rodrigues, que estuda na Escola Ubaldo Monteiro.

Ele diz que muitos pais de alunos também já manifestaram apoio. “Meu pai, o pai de vários colegas, todo mundo está contra esse projeto de terceirização dos serviços. Queremos uma escola totalmente pública e vamos ficar aqui enquanto o governo insistir com essa proposta”.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta postagem.