O projeto cultural nº: 149134/2014 - “Jornal Cultural - Literatura Viva na Comunidade”, desenvolvido por Carla Nascimento Esteves, acadêmica do curso de letras da UFMT/Araguaia, foi aprovado pelo ministério da cultura na manhã de sexta (10/10).

O projeto resume-se na criação de um jornal cultural, que trate da cultura regional e nacional de maneira divertida e colorida, com charges, piadas e crônicas embasadas na cultura mística e histórica regional. O projeto é voltado para as crianças e adolescentes dos municípios de Barra do Garças, Pontal e Aragarças, que participarão do jornal através dos contos, histórias, desenhos, poemas entre outros, desde que devidamente matriculados em escolas públicas.

O projeto tem início em novembro deste ano e vai até outubro de 2015, ele busca incentivar a leitura, onde os produtores infanto-juvenis terão a oportunidade de ver suas obras publicadas e distribuídas gratuitamente, nos pontos públicos das três cidades, garantindo assim a distribuição gratuita.

Carla Nascimento Esteves, acadêmica do curso de letras da UFMT/AraguaiaA autora do projeto, Carla Esteves, disse ser apaixonada pela cultura e educação, percebendo a deficiência de boas práticas de incentivo a leitura, decidiu enviar a proposta do projeto ao ministério “eu acredito que a leitura pode ser prazerosa para todos, acredito também na valorização da cultura e educação de Barra do Garças, Pontal e Aragarças, é por isto que fiz este projeto, em prol da população das três cidades”.

Serão 12 edições de 250 exemplares, totalizando 3 mil tiragens ao final do projeto, distribuídos em diversos pontos. Confira as escolas beneficiadas e os pontos de distribuição.

Escolas participantes; Maria de Lurdes Hora – Barra do Garças, Heronides Araújo – Barra do Garças, José Ângelo dos Santos - Barra do Garças, Dom José Selva - Barra do Garças, escola São Jorge – Pontal do Araguaia, escola Dom Bosco – Aragarças, Rubens Aguirre- Aragarças, José Nogueira – Aragarças, Laurita Martins – Aragarças e Sebastião Granja – Aragarças.

Pontos de distribuição; prefeituras, postos de saúde, pontos de cultura,  e Câmaras Municipais.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta postagem.