Simpósio de Jornalismo e Direito 2013
Na noite de terça-feira (27), iniciou-se o II Simpósio de Jornalismo e Direito do Araguaia, que acontece na Universidade Federal de Mato Grosso, Campus Universitário do Araguaia, até sexta-feira, dia 30, com foco no tema: o papel da mídia e do judiciário na construção da justiça ambiental.
A abertura do evento contou a interpretação em linguagem de sinais da música “Dias Melhores” da banda “Jota Quest”, por um grupo de alunos da disciplina de Libras. Na solenidade abertura o coordenador do evento, professor João Paulo Rocha Miranda agradeceu a presença dos palestrantes, docentes, colaboradores e acadêmicos. O diretor do Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Sandro Cristiano de Melo, destacou a importância da temática e a parceira entre os cursos.
Logo depois da solenidade, o tema central do evento foi o foco da conferência de abertura. A professora doutora Universidade Federal de Santa Catarina, Cristiane Derani destacou a importância econômica do meio ambiente para o corpo social. Em seguida o professor Edson Spenthof da Universidade Federal de Goiás abordar a função social da mídia na promoção das questões ambientais tanto no âmbito econômico, como na conscientização e educação.  Para encerrar a conferência, o docente da Universidade Federal de Goiás, doutor Fernando Carvalho explanou sobre o direito a terra dos povos indígenas e o papel da mídia e da justiça na mediação desse conflito. Ambos mostraram que o respeito as diferenças sociais e que a cobertura midiática séria e contextualizada, são importantes instrumentos para a conquista da democracia e da justiça socioambiental.
Prof. Ms. Edson Spenthof UFG; Prof. Dr. Fernando de Carvalho Dantas UFG; Prof. Dr.ª Cristiane Derani UFSC e Prof. Dr. Jorge Arlan UFMT

Nesta quarta-feira, o II Simpósio tem continuidade, durante o dia, com os minicursos, oficinas e apresentações orais, e a noite com a conferência: povos indígenas: identidade, mídia e direito. Para debater o assunto teremos a jornalista da Operação Amazônia Nativa (OPAN), Cuiabá, Andreia Fanzeres, o professor mestre da UFMT/CUA, João Paulo Miranda e a liderança xavante Cristóvão Tserero'odi Tsõrõpré. A mediação será do procurador da Funai de Barra do Garças, Rogério Vieira Rodrigues.
O evento tem como organizadores os acadêmicos e professores dos cursos de direito e jornalismo da UFMT/CUA e seus respectivos centros acadêmicos, e conta com financiamento da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato Grosso (Fapemat). 

Texto: estudantes do 5º semestre de Jornalismo: Yrla Braga e Luana Santana.
Foto: Gracielle Soares
Assessoria de Comunicação do IIº Simpósio de Jornalismo e Direito. Contato: simposiojd@gmail.com

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta postagem.