Facebook e Google em prol da ciência

Mark Zuckerberg, co-fundador do Facebook, e Sergey Brin, co-fundador do Google, em conjunto com suas respectivas esposas, Priscilla Chan e Anne Wojcicki, e do investidor russo Yuri Milner, criaram o projeto Breakthrough Prize in Life Sciences para premiar trabalhos inovadores no campo científico.

FOTO: REUTERS/Robert Galbraith
Este ano, como lançamento do projeto, foram anunciado 11 nomes que irão receber US$ 3 milhões cada – nove instituições americanas, uma holandesa e uma japonesa.  ”A sociedade precisa de mais heróis”, disse Zuckerberg para a BBC.

Entre os contemplados, se destacam as pesquisas genéticas para ajudar na luta contra doenças como câncer. Os vencedores farão parte do comitê que escolherá os futuros premiados. Também será possível indicar candidatos por inscrição online.

A partir do ano que vem, a premiação irá escolher sempre cinco nomes anualmente. Não há restrição de idade e vencedores passados podem ser premiados novamente. A lista completa dos premiados deste ano pode ser vista no site oficial do Breakthrough Prize in Life Sciences (em inglês).

Fonte Estadão

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta postagem.