Reportagem apresenta as contradições entre o discurso dos gestores e a realidade enfrentada pela comunidade acadêmica

Muito antes dos estudantes da UFMT de Sinop descarregarem seus colchões na reitoria, em Cuiabá, a comunidade acadêmica daquele campus já denunciava a falta de estrutura básica para o desenvolvimento das atividades de ensino, pesquisa e extensão.
A ocupação da reitoria pelos estudantes foi o estopim de uma situação caótica retratada em uma vídeo-reportagem especial produzida pela Assessoria de Comunicação da Adufmat-S.Sind. Dividida em três partes, a produção relaciona a adesão da UFMT ao Reuni com as dificuldades enfrentadas por docentes, discentes e técnicos.
Destaca também a história do campus, seu crescimento ao longo dos anos e as adaptações aos projetos do Governo Federal para a educação superior, como, por exemplo, a extinção dos departamentos e sua substituição por institutos.
Intitulado “REUNI e SINOP: entre o discurso e a realidade”, o vídeo-reportagem evidencia as contradições entre o discurso dos gestores, que afirmam que há infraestrutura necessária para o bom andamento do ensino naquele campus, e as imagens que comprovam que há déficits de diversos gêneros impedindo a realização de um ensino de qualidade.
A reportagem escrita que acompanha os vídeos foi publicada na última edição do Jornal impresso, que pode ser adquirido gratuitamente na sede da Associação em Cuiabá ou em seus escritórios regionais. Docentes sindicalizados recebem o exemplar em casa por Correios.
Os interessados podem acessar o Jornal da Adufmat em PDF aqui.
Assista aos vídeos:

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta postagem.