Saúde

Agência Focaia
Redação
Gabriel  Green Fusari

Foto: Camilla Jéssica
Estudantes do curso de direito  da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Campus Universitário do Araguaia (CUA) se  juntaram para criar o projeto “caixinha solidária”, Inspiradas pela página “Feminismo no Interior”, liderado pelas alunas Camilla Jéssica Pereira Soares e a irmã graduanda de Arquitetura e urbanismo na UNEMAT de Barra dos Bugres, Amanda Janaínne Pereira Soares. 

O trabalho social consiste em uma pequena caixa com utensílios de emergência à disposição das estudantes do campus, como absorventes, lixas, curativos, remédios de cólica e dor de cabeça, algodões e outros itens de higiene pessoal. A proposta  obteve popularidade por diversas páginas de feminismo, assim como Feminismo no Interior, além de mobilizar alunas pelo país.

Inicialmente os objetos foram deixados no toalete do  bloco que abriga o curso de Direito da universidade. Logo após, a ideia se espalhou por todas as unidades universitárias, em Barra das Garças e Pontal do Araguaia, em Mato Grosso.
                                                                                                   Foto rede social - divulgação
A aluna Nathalia Santos, do 4° semestre do curso de Direito e usuária do projeto, entrevistada pelo Focaia, comenta que ela vê a atitude interessante por criar nas meninas um sentimento solidário dentro do campus.

O movimento também abrange outras cidades como Fortaleza, São Paulo e Juína, onde teve inicio a publicação da página Feminismo no Interior, que hoje tem mais de 2.500 seguidores no Instagram e Facebook. Foto ao lado, Caixinha Solidária localizada no bloco de Engenharia Civil

 ***

Link para a página Feminismo no Interiorhttps://facebook.com/feminismonointerior/ 

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta postagem.