Atletas da UFMT/CUA disputam os Jogos Universitários Mato-grossenses em Cuiabá

Jogos Universitários

Agência Focaia
Reportagem 
João Pedro Donadel

     Foto: João Pedro Donadel
Equipe de Basquete masculino da UFMT Araguaia conquista título nos primeiros jogos da amizade em Santa Fé de Goiás 

Os Jogos Universitários Mato-grossenses (JUMs), terão início hoje (28) em Cuiabá, reunindo atletas de diversas universidades, tanto particulares quanto públicas, do estado do Mato Grosso, nas modalidades basquete; futsal; handebol e vôlei, masculino e feminino. A competição é organizada, anualmente, pela Federação Mato-grossense de Esportes Universitários (FMEU). Nas competições, a Universidade Federal de Mato Grosso, Campus Araguaia (UFMT/CUA), representada pela Atlética Abdução, terá participantes em todas as categorias, reunindo acadêmicos das atléticas do Campus. Diferentemente dos dois anos anteriores, com jogos realizados no mês de julho, para 2018 foi antecipado para o este mês.

De acordo com a assessoria de comunicação da Confederação Brasileira de Desportos Universitários (CBDU), também haverá mudanças nas datas dos jogos nacionais. As equipes classificadas por meio das competições estaduais, competirão nas Conferências Norte, Nordeste, Central e Sul de Quadras. Os três primeiros colocados em cada Conferência, nas modalidades basquetebol, futsal, handebol e voleibol, disputarão a Fase Final do Jogos Universitários Brasileiros (JUBs), que será realizada em Maringá (PR), entre 04 e 11 de novembro.

Campus Araguaia 

Neste ano, o campus do Araguaia irá com todas as modalidades, tanto masculino e feminino, pela primeira vez. O futsal feminino, semifinalista no ano passado, estará como cabeça de chave no grupo C, juntamente com a UFMT campus Sinop e a FAIPE de Cuiabá. Já o masculino está no grupo A, juntamente com a UNEMAT de Cáceres e a FAIPE de Cuiabá.

O representante da equipe de futsal e primeiro diretor geral da Atlética Adbução, Daniel Mancini, destaca que a preparação desse ano começou um pouco mais tarde, tendo em vista que os jogos foram adiantados para o mês de abril devido à Copa do Mundo. Apesar disso, Mancini revela que o time amadureceu em relação ao ano anterior e está confiante com suas equipes.

Já o vôlei masculino, semifinalista no ano anterior, está no grupo A, junto com o IFMT São Vicente, a equipe do La Salle de Lucas do Rio Verde e a UFMT campus Rondonópolis. No vôlei feminino, as meninas Campus Araguaia estão em chave única, com as equipes da UFMT de Sinop, Cuiabá e Rondonópolis, além da Univag.

Outra equipe semifinalista no ano passado, o basquete masculino, está no grupo A, junto com a Unic de Primavera do Leste e a UNIVAG. O time do campus do Araguaia participou dos jogos da Amizade, na cidade de Santa Fé de Goiás (foto acima) onde obteve o título de campeã, disputando contra outras seis equipes.

Time feminino, assim como o vôlei, está em chave única, com os representantes dos outros Campi da UFMT: Rondonópolis, Cuiabá e Sinop. A equipe também teve participantes no torneio de Santa Fé, junto com outras jogadoras da Associação de Basquete Feminino do Araguaia (ABAFA), onde ficou na 2ª posição, perdendo a final para a equipe de Água Boa.

Basquete Araguaia

Nesta edição, as equipes de Basquete do Campus contam com o técnico Ivan Marcos Pereira, nome forte na cidade e com bagagem de ter vencido em campeonatos brasileiros sub-17, comandando a seleção mato-grossense feminina, campeão estadual com a equipe sub-14 de Barra do Garças. O time ganhou de 20 pontos ou mais de todos os times e obtendo a 3ª posição no campeonato brasileiro da divisão especial, perdendo apenas para São Paulo e Paraná.

Pereira ressalta que é a primeira experiência no comando de equipes universitárias, e o convite partiu dos jogadores que já foram comandados pelo técnico em outras oportunidades, em parceria com a Atlética Abdução. Apesar do pouco tempo de treinamento, ele conta que “pegar uma equipe já formada é mais tranquilo, pois assim você pode implementar sua filosofia, diferente que pegar uma equipe em formação”. O intuito do técnico, como todos é vencer, mas se a vitória não vier, será uma competição para iniciar um legado na universidade, através das gravações dos jogos, para análise posterior, e formar um futuro vitorioso no campus Araguaia.

Ausente no ano anterior, o Handball feminino joga nesta edição como cabeça de chave no grupo B, ao lado da UFMT de Cuiabá e a Unic de Rondonópolis. O time masculino está no grupo A, o mesmo do atual campeão estadual Univag e a Unemat de Barra do Bugres.

Abdução

A nova gestão da atlética Abdução, atlética unificada do campus, conta com o acadêmico de Educação Física, Daniel Mancini, como seu primeiro diretor geral. Segundo Daniel a nova chapa da Abdução está de parabéns por, em tão pouco tempo de organização, ter conseguido realizar os treinos e correr atrás de toda a parte burocrática que jogos desse porte exigem.

Além disso, com a contratação de técnicos de ponta para algumas modalidades, com o apoio da Pró-Reitoria de Cultura Extensão e Vivencia (PROCEV) a delegação chega em um nível de competitividade altíssimo, buscando trazer o maior número de medalhas para o campus, além de buscar a vaga para os jogos Brasileiros Universitários. Mas, apesar da competição, Mancini afirma que “é importante lembrarmos da amizade e companheirismo que os jogos trazem para nós”.

Comentários