Interação acadêmica

Agência Focaia
Redação
Giulia Sacchetti
Vasco Aguiar
                              Foto: Vasco Aguiar
Alunos e professores envolvidos no curso

Na Universidade Federal de Mato Grosso, Campus Universitário do Araguaia, (UFMT/CUA) se encerrou hoje (22) o curso de Marcadores Moleculares, que teve início na última segunda-feira. Para ministrar as aulas a universidade recebeu a palestrante Vanessa Bernardes, doutoranda em Genética Molecular pela Universidade Federal de Goiás (UFG).

De acordo com o professor e organizador do curso, Devanir Murakami, doutor em genética e melhoramento de plantas, os marcadores moleculares são constatações utilizadas para caracterizar um indivíduo, como por exemplo, o DNA. "É através da manipulação do DNA que conseguimos essas caracterizações genéticas, assim, análises como esta nos permitem discutir muitas coisas." 


Segundo a palestrante Vanessa Bernardes, cursos como este tem grande importância para os estudantes na graduação. “A visão do aluno aumenta quando ele compreende a teoria, que é vista em sala de aula, e consegue associá-la á prática”, expõe. Ela acredita que é necessário abrir o horizonte de trabalho para os acadêmicos, colocando a pesquisa como um dos caminhos possíveis.

O curso foi promovido pela AgroVale, empresa júnior do curso de Agronomia e teve aulas práticas e teóricas, gerando certificação de 40 horas para os estudantes. Participaram cerca de 20 alunos, dos cursos de Agronomia, Ciências Biológicas, Farmácia e Biomedicina.

Um dos Participantes das aulas, o acadêmico Euller Ribeiro conta que esta experiência pode servir para que os alunos descubram as áreas que possuem maior afinidade. Por terem tido contato com estudantes de diversos cursos, Ribeiro acredita que “essa interação faz com que o envolvimento e a troca de experiências sejam mais amplos", conclui.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta postagem.