Evento acadêmico

Agência Focaia
Redação
Adailson Pereira


     Fotos: Adailson Pereira
Espaço de Vivência da UFMT/CUA, local do evento Sarau Interativo

Na semana de retorno ao semestre letivo de 2017, foi realizado na quinta-feira (18), no Espaço de Vivência da Universidade Federal de Mato Grosso, Campus Araguaia, o Sarau Interativo, com vendas de roupas, livros, revistas, sapatos e atrações musicais. O evento foi organizado pelos Centros Acadêmicos dos cursos do Instituto de Ciências Humanas e Sociais (ICHS) e pela Supervisão de Assistência Estudantil (SAE).

O evento, que teve como objetivo dar boas-vindas aos calouros, incluiu como atração a Feirinha Abstrata, com venda de produtos com preços acessíveis aos universitários. Para uma das organizadoras, Luana Oliveira, acadêmica do curso de Jornalismo, a ideia do sarau é unir os alunos e também chamar outros institutos para conhecer o ICHS. O início da feirinha se deu às 16h00, e, segundo Oliveira, foi pensado para incluir os estudantes com atividades no período da tarde, os quais nem sempre participam de eventos em razão do horário, “por isso a estratégia de fazer o sarau que venha de tarde para a noite”, acrescenta.

Assistência aos estudantes

O Sarau contou ainda com o bazar universitário (foto ao lado), organizado pela Supervisão de Assistência Estudantil (SAE). De acordo com técnica educacional e assistente social da Supervisão de Assistência Estudantil, Reygiane da Silva Sousa, o bazar é importante para os calouros que vêm de outros Estados e necessitam de ajuda para a manutenção na universidade. Sousa disse buscar a colaboração de professores, técnicos administrativos e estudantes para recolher doações. A assistente ressalta que o bazar é um projeto de extensão que atende toda a comunidade, onde são ofertadas roupas, utensílios domésticos, calçados.

O secretário geral do Centro Acadêmico de Geografia (CAGEO) e um dos organizadores do evento, Victor Santos, relata que essa é a segunda edição do sarau. O primeiro foi organizado unicamente pelo curso de Geografia, porém, outros cursos como Direito, Letras e Jornalismo participaram. “Esse ano resolvi expandir, já que os demais cursos participaram, porque não englobar os outros CAs”, analisa Santos. As pessoas que estiveram no Sarau assistiram apresentações musicais, manifestos em luta pela educação, pelos direitos dos negros, índios entre outros, e declamações de poemas.

A diretora do ICHS, Lennie Aryete Dias Pereira Bertoque destacou a importância do evento para a formação dos estudantes da UFMT. Para a diretora, o sarau constrói uma formação plena do acadêmico, onde extrapola o conhecimento científico. Segunda ela, o evento é cultural, social, uma relação de um conhecer o outro. É um espaço onde os estudantes se manifestam de maneira mais ativa. “A universidade privilegia a formação para além da sala de aula, finalizou.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta postagem.