Fonte - Folha de S. Paulo

 O Grupo RBS de Comunicação, dono da TV afiliada da Rede Globo e de jornais e rádios no Sul do país, anunciou que vai vender seus seis veículos de comunicação de Santa Catarina. O negócio está sujeito ainda a análise do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), do Ministério da Justiça.


A compra envolve a RBS TV de Santa Catarina, afiliada da Globo, quatro jornais –entre eles o "Diário Catarinense" e o "Jornal de Santa Catarina"– e as rádios CBN Diário e Atlântida. Juntos, os seis veículos somam cerca de mil funcionários.

Os novos proprietários da rede de comunicação catarinense são Carlos Sanchez e Lírio Parisotto, em conjunto com investidores.

Sanchez é presidente do conselho de administração do Grupo NC, que tem como uma das principais empresas a farmacêutica EMS, enquanto Lírio Parisotto já atua na área de mídia com sua empresa Videolar e também é dono da Innova, no setor de petroquímica.

O anúncio oficial foi feito nesta segunda-feira (7). Com a medida, a RBS ficará concentrada em suas atividades apenas no Rio Grande do Sul. Além da afiliada da Globo, o grupo gaúcho criado em 1957 é proprietário do jornal "Zero Hora" e da Rádio Gaúcha, entre outros veículos.


Há 37 anos a rede gaúcha havia expandido sua atuação para Santa Catarina. Em nota, divulgada também pelo grupo NC, a RBS afirmou que haverá um processo de transição para "garantir a continuidade e a excelência das operações" e que os novos investidores firmaram o compromisso de manter a independência editorial dos veículos.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta postagem.