Os trabalhos abaixo de alunos do curso de Jornalismo do Campus Araguaia da Universidade Federal de Mato Grosso - UFMT foram aceitos para apresentação na Expocom Centro-Oeste, evento integrante do XVII INTERCOM CENTRO-OESTE, que será realizado na UFMS – Universidade Federal do Mato Grosso do Sul – em Campo Grande (MS), de 4 a 6 de junho.

Jornal Mural FocAia: o impresso ainda tem a sua hora e a sua vez (categoria: jornal mural), de autoria de Octávio Wilquer SOUZA, Michele Faifer Ferreira de SOUZA, Adriana CORREIA e Kariny Ellen OLIVEIRA (orientador: Alfredo José LOPES COSTA).

Identidade na carne: Uma trama de crônicas e tatuagens (categoria: livro-reportagem - avulso), de autoria de Letícia Baialardi GALVÃO e Rayssa Adorno LANDE (orientador: Alfredo José LOPES COSTA).

Vidas na rua: dificuldades, vícios e preconceito - a luta de moradores de rua para viver com dignidade em Barra do Garças (categoria: Reportagem em Jornalismo impresso - avulso), de autoria de Jhonatas Luis Silva PEREIRA (orientadora: Carina BENEDETI).

Boto Blog: uma proposta de jornalismo ambiental no Vale do Araguaia (categoria: Blog - avulso) , de autoria de Talita Sabrina Pereira SANTOS (orientadora: Jociene FERREIRA).

As facetas da Morte (categoria: Reportagem em Telejornalismo - avulso), de autoria de Rodrigo Pereira TEODORO (orientador: Gílson COSTA).


Pesquisa

O professor Antonio Sebastião da SILVA, do curso de Jornalismo da UFMT/Araguaia, também teve seu trabalho intitulado Narrativa Política: diegese da Revista Veja sobre a América Latina na divisão temática Jornalismo.

Veja o resumo do trabalho: "Na observação das narrativas sobre a América Latina é possível conceber a existência de posicionamentos discursivos que se tornam consensuais. Não se trata, no entanto, de definição de uma postura como resultado consensual da sociedade, relaciona-se ao processo comunicativo e suas estratégicas de convencimentos, na ordem ideológica e de poder. Importante, assim, compreender as estratégias de Veja sobre as narrativas políticas sobre a América Latina, tendo como análise as capas do semanário entre os anos de 2008 e 2012, cujo recorte leva em consideração as edições com publicações sobre Cuba, da família Castro. A rigor, a diegese da revista pode ser fundamental na construção da realidade brasileira e região, considerando seu projeto dramático, na legitimação de personagens numa trama que tem relações globais e neoliberais." PALAVRAS-CHAVE: Narrativas; Jornalismo; América Latina; Globalização.

Já a professora Jociene FERREIRA escreveu, em parceria com Igor Pedrini, o trabalho As ideias neoliberais aplicadas ao espaço ludico: um estudo da propaganda no jogo banco imobiliário sustentável, que será apresentado na divisão temática comunicação, espaço e cidadania.


O que é Intercom

A Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação – é uma instituição sem fins lucrativos, destinada ao fomento e à troca de conhecimento entre pesquisadores e profissionais atuantes no mercado. A entidade estimula o desenvolvimento de produção científica não apenas entre mestres e doutores, como tabém entre alunos e recém-graduados em Comunicação, oferecendo prêmios como forma de reconhecimento aos que se destacam nos eventos promovidos pela entidade.

O Intercom Centro Oeste 2015 é um evento acadêmico destinado a pensar a área da Comunicação Social, suas teorias e aplicações profissionais.  Com o tema “Comunicação e Cidade Espetáculo”, o evento busca relacionar o trabalho comunicacional e a difusão das informações científicas ao modo de se pensar as cidades contemporâneas com os cada vez mais diversificados processos de comunicação atuais.

A XXII Expocom – Exposição da Pesquisa Experimental em Comunicação é espaço destinado à mostra de trabalhos resultantes da pesquisa experimental realizada nos laboratórios e oficinas dos cursos de graduação em comunicação social, selecionados pela criatividade, originalidade, inovação tecnológica e qualidade técnica. Para conhecer as categorias e modalidades do prêmio consulte o regulamento.


Participação em congressos anteriores

Os Focas do Araguaia participam do Intercom desde 2009, ano da criação do curso de Jornalismo da UFMT em Barra do Garças. Muitos projetos já foram vencedores da etapa regional e o trabalho intitulado Agência Júnior de Jornalismo FocAia: Focas do Araguaia caem nas águas do mercado de Comunicação, na categoria Jornalismo, modalidade Agência Jr. de Jornalismo, foi vencedor da etapa nacional em 2012 (autores: Michelly Matos do NASCIMENTO, Lucas Antonio Luz IGLESIAS, Mônica Ferreira PORTO, Sckarleth Alves MARTINS, Tabata Furtado OLIVI; orientador: Alfredo José LOPES COSTA).

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta postagem.