A capoeira recebeu na quarta-feira, 26, o título de Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade pela Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura). Os bens a receberem o título são escolhidos a cada dois anos, sendo esses bens culturas e tradições que um grupo de pessoas preserva em respeito a seus ancestrais. 

"A intenção é colocar sob a proteção do Estado toda uma diversidade de práticas e conhecimentos que são patrimônio brasileiro, assim como as construções e as paisagens", disse Jurema Machado, presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Com o reconhecimento, a capoeira se junta ao Samba de Roda do Recôncavo Baiano, à Arte e Pintura Corporal dos Kusiwa, ao Frevo e à Peregrinação Religiosa do Círio de Nazaré como bens incluídos na lista do Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade.

CAPOEIRA

A capoeira é uma mistura de dança e artes marciais, senão mesmo um esporte, que surgiu em Salvador como uma forma de manifestação dos escravos africanos contra a repressão. Os movimentos dos capoeiristas exigem destreza corporal, com movimentos rápidos de braços e pernas. Hoje, a capoeira é um dos maiores símbolos nacionais presente em todo o Brasil. 

Saiba mais aqui e aqui.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta postagem.