15º ENPJ debate novas diretrizes

    Guilherme Dea
  Painel Panorama Regional do Ensino de Jornalismo no Brasil
No terceiro dia do 15º Encontro Nacional de Professores de Jornalismo, a palestra “Panorama Regional do Ensino de Jornalismo no Brasil” abriu espaço para a discussão dasnovas diretrizes no curso de jornalismo, trazendo as experiências dos palestrantes em seus âmbitos regionais.

Temáticas como debate e reflexão das novas diretrizes, ética da profissão, impactos e transformações que causam nas universidades, interferências que acarretam na mudança grade curriculares do curso, o avanço das novas tecnologias e a influencia que ela exerce no processo de criação do jornalismo, além da necessidade de incentivar os jornalistas a pesquisa foram abordadas durante a discussão na palestra.

Outra questão muita abordada no encontro foi sobre a individualização do Trabalho de Conclusão de Curso. As opiniões a respeito deste tema ainda são muito divididas, pois algumas universidades já adotam a medida enquanto em outras instituições os corpos docentes questionam se a ação pode desvalorizar a realização do trabalho jornalístico.

Segundo João Pedro Dias, coordenador do 6º Encontro Rio-Espírito Santo de Professores de Jornalismo e Diretor Regional Sudeste, a mudança da grade curricular serve para adaptar as novas medidas das diretrizes, afim de fortalecer a profissão e adequação dos alunos ao novo mercado de trabalho e a possibilidade de atuar em novas áreas através de extensões .

A fim de sincronizar os fóruns regionais e tirar duvidas a respeitos das novas diretrizes, um canal deperguntas e respostas as questões será aberto, segundo Marcelo Engel Bronosky. O prazo para a implementação das novas diretrizes é até o primeiro semestre do ano que vem.

Fonte: FNPJ

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta postagem.