por Alfredo Costa

Foto: David Cebola

Após visita in loco, no ano de 2012, a Comissão de Avaliação do Inep para reconhecimento do curso de Jornalismo do Campus Araguaia da Universidade Federal de Mato Grosso apresentou relatório final, em que teceu comentários negativos em relação ao prédio da biblioteca.

Mais de um ano depois, a biblioteca continua funcionando no mesmo prédio, cujo teto desabou, no último dia 29, em virtude de um temporal. Na ocasião, segundo reportagem publicada no site Fato no Ato, quatro estudantes foram feridos.

Leia abaixo, trecho do relatório que critica as condições da biblioteca:

"(...) Há exatos 46 exemplares de livros específicos de Jornalismo da bibliografia básica, desses, mais de 80%, "somente um exemplar. Logo, na proporção média de um exemplar para 20 ou mais vagas anuais autorizadas. Vale ressaltar que esta Comissão, na visita in loco, verificou que as condições de manutenção do acervo de toda a biblioteca da IES são inadequadas, levando-se em conta que se trata de um prédio adaptado, com passagem intensa de luz e calor para o interior do ambiente, que não é refrigerado. Em se tratando da Bibliografia Complementar, há 86 exemplares ao todo, o que chega próximo a dois títulos por unidade curricular. A Biblioteca da IES não possui a assinatura de nenhum periódico especializado referente ao curso de Jornalismo. (...)"

Leia aqui a íntegra do Relatório de Avaliação.

Leia também: Telhado da biblioteca do Campus de Barra ficará pronto segunda-feira

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta postagem.