Docentes iniciam agosto com mobilização em todo o país


Os professores das Instituições Federais de Ensino Superior (Ifes) iniciam o mês de agosto com mobilização em todo o país. Entre os dias 1 e 15 de agosto, as seções sindicais do ANDES-SN devem organizar rodadas de assembléias gerais, conforme o calendário aprovado no 56º Conad realizado entre 14 e 17 de julho, em Maringá (PR).

A recomendação é priorizar a realização das assembleias até 5/8. Isso porque, nos dias 6 e 7 de agosto, os representantes do setor das Ifes ser reúnem na sede do ANDES-SN em Brasília, para avaliar o movimento e as negociações com o governo. A partir deste balanço, as seções sindicais devem planejar ações, ampliando a mobilização da base com relação à Campanha 2011, e indicar para a categoria a necessidade de greve.

Para a segunda quinzena de agosto, está prevista a realização de atos nos estados e em Brasília, com amplos setores sociais e sindicais, com indicativo de paralisação nos dias 23 e 24, para exigir negociações efetivas com o governo federal e atendimento da pauta de reivindicações.

Reunião com o governo
Na próxima terça-feira, 2/8, o ANDES-SN se reúne com representantes do governo no Ministério do Planejamento (MP) para discutir a pauta de reivindicações específica dos docentes das Ifes. O foco da reunião deverá ser a contraproposta emergencial encaminhada pelo Sindicato Nacional para o MP e para o Ministério da Educação (MEC/Sesu).

Como forma de pressionar o governo, as seções sindicais foram convidadas a enviar representantes para uma vigília em frente ao prédio do MP, durante a reunião.

Veja também:
- ANDES-SN apresenta contraproposta de acordo emergencial ao governo federal
- InformAndes Especial Setor das Federais - Julho/2011

Comentários