Assistência estudantil


Agência Focaia
Redação
Matheus Pacheco

Fonte – UFMT/ASCOM
 Resultado de imagem para marca ufmt

Publicada, na última terça-feira (13), pela pró-reitoria de Assistência Estudantil (Prae), da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), no site oficial da instituição, a lista preliminar do Programa de Assistência Estudantil do Campus do Araguaia. A publicação traz ainda esclarecimento sobre a data de apresentação de recursos pelos alunos, que foi alterada em virtude de feriado municipal em Barra do Garças, nesta quinta-feira (15), decorrente do aniversário da cidade. 

A Prae orienta que os estudantes que tiveram o pedido de assistência atendido devem comparecer à secretaria da pró-reitoria no dia 4 de outubro para entregar termo de compromisso do auxílio e apresentar os documentos específicos, como dados bancários de sua titularidade, sob pena de receberem o auxílio apenas no mês subsequente da data de apresentação sem valores retroativos.

Os estudantes que necessitam apresentar informações adicionais (documentais ou não) requeridas pela Prae para a efetivação definitiva da participação no Programa, classificados na lista com “parecer favorável com condicionalidade”, devem comparecer à secretaria no dia 4 de outubro. Já os discentes não foram comtemplados até o momento, em situação de “parecer desfavorável”, podem apresentar recurso nos dias 14 e 16 de setembro, protocolando a argumentação e documentos que julgarem necessários.

As demais datas previstas anteriormente no edital permanecem inalteradas. A Prae alerta que os estudantes deverão ficar atentos para o período de renovação dos auxílios para o semestre 2016/2, de acordo com o calendário acadêmico vigente, e para os devidos procedimentos. 

Acesse o link para conferir a lista publicada pela pró-reitoria de Assistência Estudantil:   clique aqui

1 comentários:

Anônimo disse...

Nunca passei tanta vergonha na minha vida, no dia da entrega da documentação, a pessoa responsável me disse que não aceitaria meu formulário porque não era o mesmo que era válido embora as informações contidas em ambos fosse praticamente as mesmas, após isso ao indaga-la sobre quem seria seu superior para que eu pudesse explicar a minha situação a mesma me disse ser o próprio superior dela, me pergunto até hoje se ela mesma assinou a própria carteira de trabalho, após isto a mesma me deu um nome de sua suposta superiora e ainda me deu uma pasta com o logo da UFMT dizendo que poderia entrar com um processo contra ela que em nada adiantaria, não sendo isso muito a mesma ainda me disse que quem realmente precisa entrega a documentação no primeiro dia, embora ainda no prazo fui discriminado como quem não precisasse, moral da história, gastei tempo, dinheiro que já e pouco, e ainda levei desaforo e nada de recurso de auxilio...

Postar um comentário

Comente esta postagem.