Pesquisa e Tecnologia


Agência Focaia
Redação
Vasco Aguiar


O estudante Gustavo Siqueira Duarte, graduando do curso de Engenharia de Alimentos da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Campus Araguaia, é responsável pelo desenvolvimento de uma nova técnica que visa à melhora da preservação de sementes de diversos tipos. O projeto denominado de “Garrafa Duarte” tem como função a injeção de dióxido de carbono (CO2) em garrafas pet, com a intenção de preservar as sementes ali depositadas.

Foto: Arquivo pessoal
O feito vem gerando grande repercussão, sendo notícia do portal G1, que valorizou o trabalho do estudante ao dar destaque à nova tecnologia criada pelo jovem pesquisador.

o estudante, disse ao site de notícias que a ideia surgiu quando verificou como as comunidades que trabalham com agricultura familiar armazenavam as sementes de milho, arroz, feijão- em garrafas pet. Duarte enfatiza que o dióxido de carbono introduzido nas garrafas inibe a propagação de micro-organismos, que tendem a contaminar os alimentos, diminuindo assim sua validade.

Quando questionado a respeito da viabilidade comercial de seu projeto, ressalta que “é claro que sempre pensamos em ver nossas ideias comercializadas para várias pessoas e ganharmos dinheiro com isso, mas eu penso bastante também no quanto essas novidades podem ajudar outras pessoas, facilitando a vida da comunidade”.

O orientador do graduando, professor da UFMT, Márcio de Andrade Batista, esclarece ao Site G1 que existe dispositivo similar no mercado internacional. “Esse equipamento, que existe nos Estados Unidos, tem um princípio bem semelhante ao nosso. A diferença é que ele é usado em garrafas de vinho. Nesse dispositivo eles inserem uma agulha bem fina e inserem CO2 no recipiente. Por causa da maior disponibilidade de recursos, eles têm mais acesso ao equipamento, voltado para o grande mercado, diferentemente do nosso”, comenta.

O aluno vislumbra, como próximo passo, promover a reutilização da garrafa pet. Desta forma entende que é possível se beneficiar de maneira eficaz de todo o processo que criou.

Fonte - G1 e UFMT/ASCOM

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta postagem.