Pesquisa

Agência Focaia

O aluno de Física da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Campus do Araguaia, Kevin Figueiredo dos Santos, teve seu trabalho de Iniciação Científica aceito para publicação no periódico norte-americano “Photodiagnosis and Photodynamic Therapy”. O trabalho, aceito em junho, é intitulado “Spray Layer-by-Layer Films for Photodynamic Inactivation”.
O método consiste em realizar a inativação usando luz ultravioleta combinada com filmes de fotossensibilizador laranja deacridina, depositados por spray. Os resultados demonstram que o uso do spray é uma abordagem nova e bem-sucedida para inativação de microrganismos. É um método promissor para aplicações clínicas, tais como a descontaminação de dispositivos médicos ou a terapia fotodinâmica, sem danos para os tecidos biológicos quando as fontes de luz e o fotossensibilizador utilizado forem adequados.
A pesquisa começou em 2014, cujo projeto foi desenvolvido com ajuda do Programa Institucional de Iniciação Científica da UFMT. O plano Investigação Microscópica de Filmes Nanoestruturados Utilizando Aerógrafos: Aplicações Biomédicas vinculado ao projeto "Investigação experimental de fractais e dinâmica de rugosidade em escalas sub-micro", coordenado pela professora e orientadora Nara Cristina de Souza, com objetivo principal de analisar a formação dos filmes depositados pela técnica camada-por-camada utilizando um aerógrafo, analisar a fractalidade destes filmes e a eficácia do método de deposição na inativação de microrganismos.
Kevin integra o Grupo de Materiais Nanoestruturados, cadastrado no Diretório do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) desde 2007.

1 comentários:

Matheus Assis disse...

Parabéns ,continue assim

Postar um comentário

Comente esta postagem.