Fórum Estudantil


Agência Focaia
Juliana Santana 

O Campus Universitário do Araguaia (CUA) sediou no final do mês do junho -  quinta-feira(30) e sexta-feira(1) -  o 3° Fórum de Assistência Estudantil da UFMT, com a participação de estudantes de todos os Câmpus da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).  A reitora eleita para a próxima gestão, Myrian Thereza de Moura Serra, que é Pró-reitora de Assistência Estudantil, também estava entre os presentes no evento. Além dos representantes das organizações dos universitários como a Pró-reitoria de Cultura, Extensão e Vivência (PROCEV), Diretório Central dos Estudantes (DCE), Associação de Pós-Graduandos (APG), funcionários das Supervisões de Assistência Estudantil (SAE’s), e a equipe da Pró-reitoria de Assuntos Estudantis (PRAE). 
                  Imagem - Pró-reitoria Estudantil PRAE/UFMT

Na abertura das atividades do Fórum Estudantil houve momento cultural, com exposição do Coral Canto Maior e sessão de filmes desenvolvidos pelo Núcleo de Produção Digital (NPD). Logo após, apresentação das Pró-reitorias, representantes dos estudantes faz exposição esclarecendo suas funções, o quadro de funcionários, os programas de apoio aos estudantes e o orçamento de verba para o ano de 2016.

Na prestação de contas, a PRAE fez exposição de estimativa que demonstra corte de 20% de recursos estudantis, apresentando o valor de R$ 12.647.532 de orçamento anual. Sendo que, desse valor, já foram executados R$ 4.631.792, porém já com previsão de gastos para este ano da ordem de R$7.147.063. Nas contas restam apenas a verba de R$868.677 para novos auxílios, em torno de 310, a serem disponibilizados para estudantes neste ano de 2016, para todos os Câmpus da UFMT.

Durante o encontro os estudantes fizeram grupos de discussões com o objetivo de aprovar melhorias para assistência estudantil. Entre os pontos analisados, o atendimento mais humanizado por parte dos funcionários da universidade, melhoria na estrutura das casas do estudante, mais segurança nos Câmpus, posição da assistência estudantil em relação a casos de racismo, homofobia e machismo na universidade, melhoria na estrutura das SAE’s, exigindo aumento do quadro de funcionários.

A Pró-reitoria de Assuntos Estudantis, fez anotações sobre a questões apontadas em discussão e se comprometeu a estudar a sua viabilidade. No final, a Coordenadora de Assuntos Estudantis, Rosa Lucia Rocha Ribeiro, enfatiza que “Reconhecemos esses limites e pensamos que o diálogo continuo com os estudantes, com as cobranças, com as denúncias, é que a gente vai ter condições de estar suprindo essas graves falhas, que a gente reconhece que tem tanto na PRAE em Cuiabá, como nas SAE’s no interior”, finaliza. 

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta postagem.