by Bianca Orrico
Um holandês decidiu realizar um leilão bastante inusitado na última semana.  De acordo com informações do UOL, Shawn Buckles criou um site de leilão on-line com o objetivo de colocar todos os seus dados digitais à venda. Os dados se referem a arquivos como e-mails, calendário pessoal, conversas em redes sociais, preferências de consumo, histórico do navegador, e outros dados pessoais coletados em serviços de Internet.
O principal intuito de Buckles foi criticar a falta de privacidade na rede, além de incentivar uma reflexão sobre a facilidade com que os usuários fornecem seus dados a serviços como o Facebook e Google. Para ele, "as pessoas parecem não entender que a privacidade é necessária para desenvolver o caráter individual e a ética".
Pensando nesta questão, o Marco Civil buscou inserir como um dos princípios a garantia do direito à privacidade dos usuários, especialmente à inviolabilidade e ao sigilo de suas comunicações. Os provedores não poderão fornecer a terceiros as informações de acesso, a não ser que haja consentimento dos usuários. Além disso, registros em sites de buscas e-mails, dentre outros dados, só poderão permanecer armazenados por um período de seis meses.
Após ter recebido 53 ofertas, a “alma digital” de Buckles foi adquirida pelo site de tecnologia "The Next Web", que irá utilizar estes dados para apresentar problemas relacionados à privacidade em uma conferência. O dinheiro arrecadado com o leilão será doado para a organização de direitos digitais Bits for Freedom.
No link a seguir, existem todas as informações que foram leiloadas, bem como a explicação de Buckles sobre o leilão:http://shawnbuckles.nl/dataforsale/

Fonte: Gits

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta postagem.