Publicação americana rejeita uso do Photoshop

Recém-chegada ao mercado, revista feminina Verily Magazine valoriza as mulheres e suas imperfeições

Nas páginas da Verily, a leitora encontrará modelos maquiadas e bem produzidas, mas sem os retoques do Photoshop. Ao contrário das revistas femininas que vendem mulheres impecáveis, a publicação norte-americana se apresenta como um veículo que exalta a realidade.

Direcionada ao público feminino entre 18 e 35 anos, a revista bimestral que chegou ao mercado em junho deste ano aborda assuntos sobre moda, estilo, cultura e relacionamentos. Estudos como o “The Real Truth About Beauty”, da Dove, inspiraram a criação do projeto, desenvolvido por Kara Eschbach e Janet Sahm.

“Enquanto outras revistas alteram imagens no Photoshop para atingir o tão falado corpo ideal e deixar no máximo três rugas à mostra, a Verily nunca altera as estruturas do rosto e corpo de nossas modelos”, declarou a publicação ao Huffington Post.

A edição do bimestre passado (agosto e setembro) está disponível nas versões impressa e para iPads, mediante inscrição, no site da Verily.

Fonte: Meio&Mensagem 

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta postagem.