A pouco mais de 10 km da usina de Belo Monte, o maior projeto de mineração de ouro do Brasil, da empresa canadense Belo Sun, está prestes a receber licença ambiental

Mais de 40 organizações do Brasil, Canadá, Estados Unidos e Europa que atuam na defesa do meio ambiente e dos direitos humanos iniciaram uma campanha pública na internet, nesta semana, para arrecadar assinaturas contra o licenciamento do projeto da Belo Sun (Assine aqui).
Faixa comunica aos moradores da comunidade Ressaca que Estudos de Impacto Ambiental já estão concluídos
As organizações também publicaram uma carta (leia aqui) alertando para os riscos socioambientais e irregularidades do licenciamento. Um vídeo independente também circula na internet.
O chamado “Projeto Volta Grande” fica no Rio Xingu, em um trecho logo abaixo da barragem de Belo Monte. A Belo Sun pertence ao grupo canadense Forbes e Manhattan e aguarda a licença da Secretaria de Meio Ambiente do Estado do Pará (Sema-PA) para iniciar a obra. Veja no mapa abaixo e clique para ampliar.
O Instituto Socioambiental (ISA) assina a carta. Em janeiro, uma análise técnica do ISA foi enviada à Sema com um alerta sobre os impactos cumulativos de Belo Sun e Belo Monte, podendo gerar graves riscos socioambientais à região. (Saiba mais).
O Ministério Público Federal identificou várias irregularidades no licenciamento e recomendou à Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema) em setembro de 2013 que não dê licença ao projeto. (Saiba mais)

Mais informações para a imprensa
:
Instituto Socioambiental ISA - Letícia Leite (61) 8112-6258
leticialeite@socioambiental.org
Amazon Watch - Christian Poirier – (61) 8198-5502
christian@amazonwatch.org
Ministério Público Federal – PA Helena Palmquist (91) 3299-0148
helena@prpa.mpf.gov.br


Esta notícia está associada ao Programa: 


Leia também: Não há futuro em exportar matérias primas



0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta postagem.