RUBENS VALENTE (Folha de S. Paulo)

Embora hostilizados nas recentes manifestações de rua, integrantes do PT e do PC do B não desistiram da tática de se aliar aos protestos, em cumprimento à orientação dada há duas semanas pelo presidente do PT, Rui Falcão (SP).

Pelo microblog Twitter, Falcão conclamou a militância a ir para as ruas --depois o post foi apagado.

Há duas estratégias em curso, segundo petistas ouvidos pela Folha. A primeira, adotada pelos militantes anônimos principalmente da Juventude do PT, consiste no comparecimento às manifestações convocadas pela internet, ainda que sem camisetas e bandeiras do partido.

A tática tem como objetivo inserir, nas manifestações de rua sem ligação com o PT, temas de interesse do partido, como "reforma política" e "democratização da mídia". Um dos objetivos perseguidos é reduzir as críticas ao governo federal que pontuam as atuais manifestações.

A segunda estratégia é participar às claras de atos paralelos, como o organizado pelas cinco centrais sindicais para o próximo dia 11. Mais

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta postagem.