Qua, 19 de Junho de 2013 19:54
facebook bomA mídia tradicional está em crise. Leitores jovens não compram mais jornais e revistas. Poucos veem televisão e alguns mal têm contato com um meio nem tão velho assim: o rádio. Pesquisa recente feita pelo siteypulse.com procurou saber da chamada geração “millennials”, jovens que nasceram na era digital e não conheceram a máquina de escrever, onde eles buscam as notícias para ficar informados.
Se uma empresa está pensando despertar a atenção desse público e se ater unicamente à mídia tradicional vai botar dinheiro fora. Essa geração não vê anúncios nos jornais, nem na televisão, não importa quanto dinheiro você tenha colocado na campanha. Estão conectados o tempo todo, lendo as chamadas dos sites favoritos ou checando quais são os “trend topics” da mídia social e dividindo isso com amigos ou colegas de trabalho. É assim que eles se conectam. A pesquisa leva em conta o  público com idade entre 14 e 30 anos.
A mídia tradicional está tão preocupada com esse fenômeno que precisou criar blogs para tentar atrair um público diferente daquele que tradicionalmente foi leitor de jornais e revistas e a sustentou. A CNN e o Buzzfeed, recentemente, se uniram para criar um canal de notícias por vídeo exclusivamente para jovens adultos, a geração tecnológica que foge da mídia tradicional. Os editores do ypulse chamam a disputa desse mercado de "o novo oeste selvagem da mídia".
Segundo Jonathan Bernstein, do Blog Crisis Manager, eles não estão ignorando você, mas se você não for ao encontro deles, no ambiente que eles mais frequentam, eles não irão ouvi-lo. Foi assim que os jovens se aglutinaram para ir às ruas no Brasil nas últimas semanas. 
Leia mais no site do professor João J. Forni Comunicação & Crise

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta postagem.