governo uruguaio abriu concessão de seis frequências para rádios comunitárias em um processo inédito de chamado público, informou o site Voces.
A avaliação das propostas foi feita por uma comissão assessora independente e por audiências públicas, noticiou o portal 180. Os titulares das frequências poderão utilizá-las por 10 anos, com a possibilidade de renovação por mais cinco.
A regularização foi feita após o fechamento de 74 rádios comunitárias no país em 2012 por descumprimento à lei -- 20 delas faziam "proselitismo religioso", segundo a Unidade Reguladora de Serviços de Comunicação (Ursec).

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta postagem.