Universidade

Agência Focaia
Redação
Adailson Pereira


    Foto: Adailson Pereira
Kaique e Daniela, acadêmicos pré-selecionados para o intercâmbio Secri.


Acadêmicos do nono semestre do curso de Enfermagem da Universidade Federal de Mato Grosso, Campus Araguaia (UFMT/CUA), Kaique Saimon Lemes Farias e Daniela Sanches Couto foram pré-selecionados para participarem de intercâmbio depois de se inscreverem no edital 005/2017 da Secretaria de Relações Internacionais (Secri), da instituição mato-grossense para estudantes de graduação e pós-graduação.

As vagas disponíveis pela Secri são no âmbito dos acordos bilaterais de cooperação firmados com a UFMT via o Programa de Intercâmbio Internacional para Estudantes (PIIE) e o Programa de Intercâmbio de Estudantes Brasil – México (Bramex), referente ao segundo semestre de 2017. Conforme a técnica administrativa, Eloisa de Oliveira Lima, o edital para intercâmbio da Secretaria de Relações Internacionais ocorre duas vezes ao ano, sem datas previstas. Isso acontece de acordo com as parcerias feitas pela universidade, e pela procura dos estudantes. Segundo Lima, os acadêmicos devem acessar o site da Secri para manter-se informados.

O acadêmico Kaique Saimon foi pré-selecionado em primeiro lugar com nota 49.48, tendo como escolha de primeira opção o Instituto Politécnico de Bragança, em Portugal. Saimon revela que a escolha do país se deu em razão dos avanços tecnológicos ligados à área da enfermagem. Ele afirma ter apoio dos professores do curso e secretários do Campus Araguaia, porém, ressalta a dificuldade de se comunicar com a UFMT em Cuiabá. O estudante diz que tenta manter contato direto com a universidade anfitriã, a fim de estabelecer os trâmites legais, pois tem medo de perder a vaga.

A aluna Daniela Sanches Couto, revela ter a mesma dificuldade enfrentada por Saimon. Couto ficou na terceira colocação com nota de 48.46, e seu intercâmbio será na Universidad Júarez del Estado de Durango, México. A acadêmica diz ser a primeira intercambista da UFMT a ir para esta instituição, por isso, a dificuldade na comunicação. Sua primeira opção seria ir para Portugal, porém, foi pré-selecionada para a universidade mexicana. Ela ressalta que a especialidade da instituição anfitriã é na área de maternidade e saúde da mulher, campo onde pretende dar continuidade aos estudos.

Os estudantes relatam que não conseguiram cobertura financeira em relação ao visto, seguro de vida e passagem, mas afirmam receber auxílio moradia e alimentação bancados pela universidade anfitriã. De acordo Kaique e Daniela, os custos são elevados, por isso, tiveram a ideia de fazer uma ação entre amigos e estão sorteando uma cesta de chocolate, no valor de R$ 2 até o próximo dia 22, com o objetivo de custear as despesas para a viagem.

Segundo a Secri, as viagens estão previstas para este ou o próximo mês. Os documentos dos estudantes pré-selecionados foram encaminhados para as instituições que receberão os intercambistas, faltando apenas à carta de aceite para concretizar o processo seletivo.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta postagem.