Reitora da UFMT agradece carinho e força



Saúde

Jornal Gazeta (Cuiabá)
Dantielle Venturini

Imagem - Focaia
Pela primeira vez, desde que sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) em dezembro de 2016, a reitora da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Myrian Serra, se pronunciou publicamente, por meio de sua rede social. Myrian sofreu um AVC após fazer um discurso durante evento em comemoração aos 46 anos da instituição.

Afastada do cargo desde então, Myrian afirmou que tem se esforçado para retomar as atividades enquanto reitora e fez homenagem ao Dia Internacional da Mulher. Enfatizou que voltou a postar no dia 8 de março, pois as lembranças desta data são muito fortes e importantes para ela. “Além de ser o dia internacional da mulher, foi o último debate de nossa campanha à reitoria”.

Em janeiro, após alta hospitalar, a reitora iniciou a reabilitação em um tratamento médico domiciliar. Ela deixou o hospital após 40 dias internada. Exames mostraram que, apesar do AVC, não houve lesões significativas no tecido cerebral. Na época, a equipe médica disse que havia grande chance de recuperação total por parte da reitora.

Em seu post, Myrian agradeceu o carinho e força de todos. “Hoje, estou aqui para agradecer todo o apoio e carinho que tenho recebido de minha família, da equipe médica, de amigos, dos gestores e de toda a comunidade acadêmica da UFMT. Estou em fase de recuperação e tenho melhorado a cada dia, após um aneurisma e AVC que tive no dia 10 de dezembro de 2016, quando renasci, sobrevivi, também no teatro universitário, data em que a UFMT completou 46 anos de muitas lutas e conquistas”.

Reforçou que espera voltar às atividades na universidade e tem se esforçado para isso.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta postagem.