Plebiscito pela reforma política recebe votação pela internet até hoje (8)



Devido a problemas com o site no último dia de votação do plebiscito popular pela reforma política, o prazo de votação pela internet foi extendido até as 23h59 desta segunda-feira (8). A decisão de prorrogar a votação pela internet ocorreu devido a problemas com o site neste domingo (7)  causado por ataques hackers, segundo comunicado divulgado pela Secretaria Operativa Nacional do plebiscito.

Nesse domingo o site e o sistema de votação online estiveram muito lentos ou fora do ar por algumas horas. Isso aconteceu devido à enorme quantidade de acesso e sequenciais ataques de hackers. Esse fato deixou muita gente com dificuldades de confirmar seu voto do Plebiscito Popular pela Constituinte", diz o texto.

Qualquer cidadão pode mostrar por meio do voto se é favorável ou não à realização de uma reforma no sistema politico atual por meio de novas leis e emendas na Constituição. A consulta denominada  como "Plebiscito Popular por uma Constituinte Exclusiva pela Reforma Política" é iniciativa da Plenária Nacional dos Movimentos Populares e teve início na última semana (1).



O plebiscito tem apenas uma questão: "Você é a favor de uma constituinte exclusiva e soberana sobre o sistema político?". A população pode responder sim ou não para mostrar se concorda com a convocação de uma assembleia nacional constituinte para fazer a reforma política.  Os representantes dessa assembleia seriam parlamentares eleitos com novas regras com a única responsabilidade de debater  as mudanças possíveis  relacionadas ao sistema político por meio de novas leis e emendas na atual Constituição.

Comentários