Livro, publicado pela primeira vez em 2009 e já conta com versões em sete idiomas, é uma ferramenta básica para começar e terminar um trabalho investigativo, oferecendo conteúdo para o aprendizado de técnicas básicas.
Foto: iStockphoto (via site da UNESCO)
Foto: iStockphoto (via site da UNESCO)
UNESCO lança esta semana as versões em português e espanhol de seu manual para jornalistas investigativos.
“Investigação a partir de histórias: um manual para jornalistas investigativos”, de Mark Lee Hunter, é um guia amplamente reconhecido por jornalistas investigativos de várias partes do mundo, publicado pela primeira vez em 2009, em diversas línguas. Naquele momento, as versões em espanhol e português não estavam disponíveis.
A existência de um “watchdog” (cão de guarda) público que expõe e informa aos cidadãos e cidadãs sobre as eventuais más práticas dos membros supostamente confiáveis da sociedade ou do governo é fundamental para uma democracia que está funcionando de forma saudável.
No entanto, Mark Lee Hunter sugere que o jornalismo investigativo envolve não somente cobrir o que não funciona bem.
'Investigação a partir de histórias: um manual para jornalistas investigativos', de Mark Lee HunterAo longo da publicação, ele reforça: “Por fim, não busque apenas coisas que envolvam transgressões. É frequentemente mais difícil realizar um bom trabalho de registro sobre algo que está dando certo – entender um novo talento, ou um projeto de desenvolvimento que alcançou as suas metas, ou uma empresa que está gerando riqueza e empregos. Identificar os elementos replicáveis do sucesso, ou as ‘melhores práticas’, é um valioso serviço aos seus expectadores.”
A UNESCO convida o público a baixar uma cópia gratuita do manual e assistir a um pequeno vídeo de Mark Lee Hunter falando sobre o lançamento do livro em português e espanhol.


Fonte: Unesco

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta postagem.