Jornalista formada na primeira turma de Jornalismo da Universidade Federal de Mato Grosso, Campus Araguaia, Mirian Barreto Lellis foi aprovada na seleção de mestrado do Programa de Pós-Graduação em Estudos de Cultura Contemporânea (ECCO) da UFMT, Campus Cuiabá.

O ECCO oferta anualmente 30 vagas, nas linhas de pesquisa “Poéticas Contemporâneas”, “Epistemes Contemporâneas” e “Comunicação e Mediações Culturais”. Na Avaliação Trienal da Capes 2013, realizada pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Capes, o Programa teve sua nota aumentada para 4

Intitulado "Construção de novas identidades entre índios xavantes a partir da alteração das práticas comunicacionais introduzidas pelos missionários salesianos", o projeto foi desenvolvido a partir da sua monografia apresentada como trabalho de conclusão de curso, que foi orientada pelo professor Hildeberto de Souza Ribeiro. Veja abaixo o resumo:

O presente projeto discute a relação entre a cultura indígena Xavante e o Catolicismo, na Região do Vale do Araguaia. Para tanto, procuramos entender de que forma a intervenção dos missionários da Congregação Dom Bosco junto as comunidades Xavantes residentes na região fez com que ocorressem mudanças substanciais no processo cultural e comunicacional desses indígenas, levando-os a incorporarem em seus rituais e cerimônias certos dogmas católicos ao ponto de criarem seus deuses com matizes dos deuses utilizados pelo catolicismo. No momento atual com a saída gradual dos salesianos das aldeias os indígenas da etnia Xavante tomaram consciência que tinham seus deuses de forma que não precisam dos deuses do não índio. Um reconhecimento que embora tarde os levou a perceberem que isso provocou, em parte, a perda de suas identidades.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta postagem.