Diretor financeiro da empresa, David Ebersman, revela diminuição de usuários diários. Público mais novo pode migrar para outras plataformas




Com mais de 1,2 bilhões de usuários, o Facebook é a rede social mais popular do mundo. Entretanto, nos últimos tempos a empresa de Mark Zuckerberg ligou o sinal de alerta para o comportamento dos adolescentes. Pela primeira vez, a rede admitiu que há um movimento de desinteresse dos jovens pela plataforma.

A declaração do diretor financeiro da empresa, David Ebersman, deu o tom da preocupação da rede social com esse novo cenário. "Nossas análises mostram que o engajamento entre adolescentes nos Estados Unidos se manteve estável no último trimestre, mas vimos uma diminuição de usuários diários, principalmente entre adolescentes mais novos", enfatiza.

A informação desmente as declarações de Mark Zuckerberg de que o apelo da rede social com jovens não havia se perdido. A impressão que fica é de que cada vez mais os jovens consideram o Facebook uma rede para pessoas mais velhas, e desta forma, procuram outras plataformas sociais para se engajarem.

Fonte: Proxxima

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta postagem.