A prestigiada premiação de fotojornalismo World Press Photo divulgou na sexta-feira (15/2) as imagens vencedoras da edição de 2013. A Foto do Ano, maior categoria da premiação, ficou com o fotógrafo sueco Paul Hansen, do jornal Dagens Nyheter, que retratou um cortejo fúnebre em Gaza.
A imagem, tirada em novembro do ano passado, é forte e triste: mostra o luto pela morte de duas crianças e representa a destruição de uma família. Os dois meninos são irmãos vítimas de um ataque com um míssil israelense, que destruiu a casa onde moravam. O pai de Suhaib e Muhammad também foi morto, e sua mãe foi internada em estado grave. Os tios carregam os meninos para a cerimônia em uma mesquita; o corpo do pai, coberto com um pano branco, está em segundo plano.
Na 56ª edição do concurso, foram avaliadas mais de 103 mil imagens de 5.666 fotógrafos de 124 países. O prêmio é dividido em nove categorias, entre elas notícias em geral, retratos posados e espontâneos, natureza e esportes, além da Foto do Ano. O brasileiro Felipe Dana ganhou menção honrosa na categoria Assuntos Contemporâneos pelo retrato de uma usuária de crack de 15 anos no Rio de Janeiro. Todas as fotografias premiadas podem ser vistas aqui.  Íntegra no Observatório da Imprensa.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta postagem.