A morte nas redes sociais


Ilustração: Time

Que destino devem ter as contas, quando seus titulares morrem? Neste ano, segundo as projeções disponíveis,  580 mil Facebookers morrerão. Um artigo de Kristina Sherry comenta os princípios legais que regem o assunto.

Quando um amigo ou ente querido morre, sua identidade online geralmente continua na rede por algum tempo após sua morte, graças ao Facebook, Twitter e a outras redes sociais. Lembrar-se deles todas as vezes que acessamos esses serviços é uma coisa boa ou ruim? É o que Mathew Ingram analisa em seu texto.

Gaelle Faure também comenta sobre o que acontece com sua conta no Facebook quando você  morre.

Leia também: Messangeer "morrerá" dia 30 de abril 

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta postagem.