Estudante da UFMT Araguaia representa o Brasil hoje no Mundial de Cross Crountry na Suíça

"Tecnicamente, o processo foi impecável e transparente. É possível argumentar que a Justiça se concentrou sobre Lula, entretanto, e que a acusação talvez não fosse suficiente para prender um ex-presidente enquanto há outros corrup... - Veja mais em https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2018/04/07/apos-prisao-de-lula-brasilianistas-pedem-defesa-da-democracia-e-fe-nas-regras-do-jogo.htm?cmpid=copiaecola
Esporte

Agência Focaia
Reportagem 
Leticia Leite 
Giulia Sacchetti
"Tecnicamente, o processo foi impecável e transparente. É possível argumentar que a Justiça se concentrou sobre Lula, entretanto, e que a acusação talvez não fosse suficiente para prender um ex-presidente enquanto há outros corrup... - Veja mais em https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2018/04/07/apos-prisao-de-lula-brasilianistas-pedem-defesa-da-democracia-e-fe-nas-regras-do-jogo.htm?cmpid=copiaecolaEsport
                                                                                
     Foto: Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira Desporto Universitário 


O estudante da Universidade Federal de Mato Grosso, Campus Universitário do Araguaia, André Ramos de Souza, do curso de Educação Física, participa hoje (7) do Mundial Universitário de Cross Country, o World University Cross Country Championship, na Suíça. Ele foi o escolhido para representar o Brasil na competição contra vários participantes do mundo todo.

Os pais e professores de André sempre foram presentes e o apoiaram. Inclusive, sua primeira corrida foi por intermédio de um professor que o inscreveu na competição.

História

O atletismo tem aberto várias portas em sua vida. André é treinado há seis anos pelo professor Sivirino Souza dos Santos, que mantém um projeto em Barra do Garças e é conhecido por revelar talentos no esporte. O jovem diz que em todos os momentos foi amparado pelo treinador “sem ele eu não estaria onde estou”, diz.


André que é estudante de Educação Física na UFMT, já era atleta quando iniciou o curso. Competiu nos Jogos Universitários Mato-grossenses (JUM’s) e Jogos Universitários Brasileiros (JUB’s) pela Universidade, no qual foi medalha de prata.

Mesmo com todo o apoio da instituição, o jovem revela pensar que não conseguiria acompanhar os treinos e o curso, uma vez que, o atletismo consome muito tempo de sua vida, e, como afirma, é necessário dedicação e muitas viagens para competir em outras cidades.

Para o atleta, cursar ensino superior é uma vitória. Em sua cidade, Juína – MT, existiam poucas possibilidades de curso, então foi necessário mudar para garantir seu futuro.

Atleta estudante

Como estudante de graduação, revela que tem como meta terminar o curso na UFMT, iniciar pós-graduação e permanecer como atleta. A UFMT não auxilia o aluno financeiramente em sua viagem, porém, alega que todos os documentos necessários para a participação na corrida foram entregues rapidamente.

André confia que seus objetivos podem ser realizados pelo atletismo e diz que ninguém deve desistir daquilo que acredita, "muitos não acreditavam no meu potencial, mas o importante é que os meus sonhos sempre falaram mais alvo", releva.

Comentários