Museu de História Natural do Araguaia deverá ser inaugurado no mês de abril, na UFMT Barra do Garças

Inauguração
Agência Focaia
Redação
Giulia Sacchetti

     Foto: Vasco Aguiar
Fachada do Museu de História Natural do Araguaia, na UFMT Barra do Garças

Apesar de anunciado pelos coordenadores do projeto, a inauguração do Museu de História Natural do Araguaia, do Campus Universitário da unidade de Barra do Garças, não ocorreu em dezembro do ano passado, como havia sido definido. Alguns fatores dificultaram a execução do cronograma, entre eles, as fortes chuvas que causaram muitas goteiras e vazamentos nas calhas do prédio. 

O resultado foi a perda de material e alguns balcões onde ficariam os animais. Por isso, "preferimos esperar para não perdermos os animais taxidermizados e o restante do material”, afirma uma das coordenadoras do projeto, professora Márcia Pascotto.

Segundo Pascotto, a saída de bolsistas e estudantes voluntários, com finalização do período de atividades, trouxe dificuldades para abertura pública do museu, conforme calendário estabelecido.

Ainda de acordo com a professora, com atenção à dinâmica acadêmica, “agora fica mais difícil conseguirmos alunos estagiários por ser fim de semestre letivo, mas para que sejam realizadas as visitas, são necessários monitores para acompanhar”, avalia.

As atividades, porém, não estão paradas, pelo contrário, aceleradas. O projeto recebeu ainda o auxílio de um designer para fazer toda a identidade visual do museu, na busca de um trabalho mais profissional. 

Com isso, como relata Pascotto, “A previsão para a inauguração agora é a partir do mês de abril, no qual começam a diminuir as chuvas".

Comentários