Eleições

Agência Focaia
Redação
Adailson Pereira



Acontece hoje (5), a eleição do biênio 2017-2019 para o cargo de presidente da Associação dos Docentes da Universidade Federal de Mato Grosso (ADUFMAT) e representantes dos demais Campi. A disputa é composta por duas chapas, Adufmat de luta: autônoma e democrática (chapa 1), e inclusão e inovação em foco (chapa 2).

A chapa 1 é composta pelos docentes, Reginaldo Araújo (presidente), professor adjunto do Departamento de Saúde Coletiva da UFTM/Cuiabá, Maelison Neves (vice-presidente), professor assistente do Departamento de Psicologia da UFMT/Cuiabá. Alair Silveira (diretora tesoureira), professora adjunta do Departamento de Sociologia e Ciência Política da UFMT/Cuiabá. Onice Dall’Oglio (secretária geral), professora adjunta do Instituto de Ciências Agrárias e ambientais da UFMT/Sinop. Adriana Queiroz do Nascimento Pinhorati (diretora de imprensa), professora adjunta do Instituto de Ciências Humanas e Sociais da UFMT/Araguaia. José Ricardo de Souza (diretor de assuntos socioculturais), professor associado da Faculdade de Medicina Veterinária da UFMT/Cuiabá e Maria Adenir Perado (diretora de assuntos de aposentadoria), professora aposentada.

A chapa concorrente é formada pelos professores, Alexandre Paulo Machado (presidente), professor adjunto do curso de Medicina da UFMT/Cuiabá e Maria de Jesus das Dores Patatas (vice-presidente), professora adjunta do curso de Letras da UFMT/Cuiabá. Sânia Lúcia Camargos (diretora secretária), professora do curso de Agronomia da UFMT/Cuiabá. Mauro Miguel Costa (diretor tesoureiro), professor do curso de Física da UFMT/Cuiabá. Célia Alves Borges (diretora de assuntos socioculturais), professora do curso de Geografia da UFMT/Cuiabá. José Airton de Paula (diretor de assuntos de aposentados), professor aposentado e José Roberto Tavares (diretor de imprensa), professor adjunto do curso de Bioquímica da UFMT/Cuiabá.

Propostas

As propostas da chapa do professor Reginaldo Araújo, atual gestão, visa ter um sindicato autônomo, democrático e combativo; a interação é o fortalecimento das relações com outros Campi, além de buscar qualidade e lutar pela universidade pública e socialmente referenciada. As relações de trabalho e a democracia interna da UFMT são pautadas nas promessas de campanha. Os direitos dos docentes aposentados e solidariedade classistas finaliza as promessas da chapa, que seria a continuidade do trabalho realizado.

Em contrapartida, as propostas da chapa 2 tem como proposta buscar uma associação voltada para o interesse da categoria, com transparência financeira, reestruturação de assistência jurídica. Reorganização administrativa e financeira da Adufmat, com garantia e defesa da pluralidade ideológica. Intensificar a luta dos direitos dos trabalhadores, aproximação da associação das lutas da sociedade, com reativação do conselho de representantes. Incentivar os docentes a participarem mais das atividades da categoria e proporcionar orientação econômico-financeira aos professores que serão aposentados pelo novo regimento proposto pelo governo.

UFMT Araguaia

A UFMT, Campus Araguaia votará em novos representantes da Adufmat regional. A votação também ocorre hoje (5) e tem como representação os docentes, Deyvisson Costa, docente do curso de Jornalismo. Eliel Ferreira, professor do curso de Letras. Márcia Pascotto, professora do curso de Ciências Biológicas e Maurício Guedes, que atua no Instituto de Ciências Humanas e Sociais.

As propostas da equipe, com chapa única, é a efetivação da gestão da Adufmat-Araguaia, com objetivo de mobilizar os professores para garantir a alteração no regimento da associação, a fim de que cada docente lotado, do Campus Araguaia, participe das assembleias e tenha votos contabilizados no somatório geral das deliberações da categoria. Zelar por condições dignas de trabalho em todos os setores. Sistematizar as ações de comunicação mantendo os canais existentes e criando outros meios, como boletins informativos. 

A chapa se propõe ainda viabilizar uma sede própria da subseção da Adufmat-Araguaia e aquisição de sede social para professores associados e familiares, além de consolidar e ampliar parcerias por meio de convênios, visando garantir descontos e vantagens em produtos e serviços aos associados.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta postagem.