Paralisação para MT, com protestos



Greve


Gazeta – Cuiabá
Capa

As salas de aulas das escolas estaduais de Mato Grosso amanheceram vazias e quem chegou até os portões das instituições se deparou apenas com correntes e cadeados, mostrando que ali não haveria dia letivo.

Nos hospitais regionais, Metropolitano, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e departamentos da saúde pública, consultas e procedimentos eletivos foram suspensos.
Nas delegacias o serviço de investigação foi paralisado e apenas o atendimento de flagrantes estava sendo realizado. 

Esse é parte do reflexo encontrado nos órgãos públicos, ontem (31), durante o primeiro dia de greve dos servidores do Executivo estadual, que protestam pelo pagamento da Revisão Geral Anual (RGA). 

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta postagem.