Estudantes mantêm ocupação de 23 escolas em MT



                                                              Foto - Cuiabá Hoje
Há quase um mês, alunos da rede estadual de ensino deram início ao processo de ocupação de escolas, como forma de protesto contra a proposta da implantação da Parceria Público Privada (PPP) apresentada pelo governo e, também, para cobrar a investigação do esquema de corrupção descoberto na Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc). Segundo o movimento, 23 escolas estão firmes no protesto, em todo o Estado, sendo oito delas na Capital.

A Associação Mato-grossense de Estudantes (AME) avalia que o número de unidades ocupadas é positivo e mostra que o movimento continua. O vice-presidente Gabriel Henrique do Carmo explica que algumas escolas contam com estudantes mobilizados durante todo o tempo. Contudo, comenta que há também a outra dinâmica onde a ocupação acontece durante o dia, mas à noite os estudantes voltam para a casa, por uma questão de segurança.

PPP com diálogo

A Secretaria de Educação do Estado (Seduc) informou que as PPPs ainda estão em fase de análise e serão pautas de audiências públicas com a sociedade, onde serão amplamente discutidas. Para tanto, será criado um conselho representativo do qual farão parte algumas entidades e instituições.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta postagem.