Feirante brasileiro no Rio de Janeiro. Foto: FAO/Giuseppe Bizzarri
O avanço do Brasil no cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) foi celebrado em um seminário internacional “PAA + Aquisição de Alimentos no Ano Internacional da Agricultura Familiar”, realizado em Brasília no dia 4 de fevereiro. O evento marcou os 10 anos da criação do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).
“Éramos 53 milhões de pessoas em insegurança [alimentar] no ano de 2003 e agora celebra-se, dentro desse contexto dos objetivos do milênio, praticamente a erradicação da pobreza extrema e uma queda baixando para aproximadamente 10 milhões de pessoas que estão ainda em insegurança alimentar”, observou o oficial de políticas da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO), Adoniram Sanches Peraci.
Pelo PAA, os agricultores familiares conseguem colocar no mercado os alimentos que produzem, gerando renda para suas famílias. O modelo brasileiro já inspirou outros países e, segundo Peraci, a cooperação Sul-Sul apresenta vantagens em relação à clássica tradição Norte-Sul, que impõe o seu conhecimento.
O oficial de políticas da FAO destacou, ainda, a troca de conhecimento entre a agência e o Brasil. A tendência, afirmou ele, é que as contribuições da FAO ajudem a aprimorar os exemplos bem sucedidos das políticas públicas brasileiras no combate à fome e a erradicação da pobreza.
Fonte: ONU
Obs. do blogueiro: Será que um dia vamos ver a grande mídia empresarial falando bem do Brasil?

Leia também:

BRAZILIAN TRIUMPHS

IBGE explica por que a elite odeia Lula

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta postagem.