O aplicativo Instagram ganhou um recurso de compartilhamento privado de fotos e vídeos, denominado de Instagram Direct. A nova função traz mais privacidade na rede, habilitando a troca de fotos e vídeos entre apenas dois usuários ou entre um grupo de até 15 pessoas.
A proposta é concorrer com aplicativos como o Whatsapp e Snapchat, que permitem mensagens de forma privada, e que estão sendo bastante utilizados atualmente como forma de se comunicar, trocar imagens e vídeos entre usuários ou grupos.
O que chama a atenção nesta nova função do Instagram é a necessidade de se ter um espaço privado em uma das redes sociais de maior prática de “selfie” e exibicionismo na rede. Com isso, pode-se pensar nas mudanças, limites e experiências simbólicas das relações que ali são estabelecidas, reconfigurando a noção de público e privado. Será que de fato tudo é exposto nas redes sociais para todos os usuários ou o lançamento desses mecanismos é uma resposta a necessidade de privatizar momentos mais íntimos? Fica a reflexão!
Fonte: Gits

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta postagem.