Mais lançamentos de livros no SBPJor


O livro Comunicação Pública em debate: Ouvidoria e Rádio, organizado pelos professores Fernando Oliveira Paulino e Luiz Martins da Silva, vai integrar a Sessão de Lançamentos de Livros da SBPJor 10 anos, que será realizada no dia 8 de novembro, às 20h, na FAC/UnB. A obra é resultado das atividades desenvolvidas em parceria por professores e alunos da Universidade de Brasília com profissionais da Empresa Brasil de Comunicação (EBC).

Entre 2008 e 2012, a Ouvidoria da Empresa contou com a participação de universitários no acompanhamento e no diálogo da programação transmitida por emissoras públicas de rádio e na produção de edições semanais do Rádio em Debate, que estão disponíveis online. A obra traz a descrição da metodologia de sistematização de demandas do público, oferecendo contribuições para o aprimoramento da programação e das atividades da Ouvidoria. A publicação também conta com entrevistas com Tereza Cruvinel, primeira presidente da EBC, Laurindo Leal Filho, primeiro Ouvidor da EBC, e José Eduardo Elias Romão, Ouvidor-Geral da União, além de contribuições de Leonardo Barreiros Rocha analisando o formato da experiência e Madalena Oliveira e Jairo Faria com textos sobre a atuação de Ouvidorias em outros países, respectivamente, Portugal e Colômbia.
A obra completa pode ser acessa aqui.




Captura de Tela 2013-11-05 às 18.22.36Durante a programação da SBPJor 10 anos, integrando a Sessão de Lançamentos de Livros, o professor e pesquisador Demétrio de Azeredo Soster lança sua primeira obra poética, Tempo horizontal. A Sessão acontece no dia 8 de novembro, às 20h, na FAC/UnB. O livro é prefaciado pelo professor Sérgio Farina (in memoriam) e pelo poeta Fabrício Carpinejar. Mais informações, aqui.






Captura de Tela 2013-11-05 às 18.21.26Os professores Demétrio de Azeredo Soster e Mirna Tonus lançarão, na noite de autógrafos da SBPJor 10 anos, o livro Jornalismo-laboratório: impressos, que reúne experiências laboratoriais do ensino do jornalismo impresso em universidades brasileiras. O evento integra a programação do 11º Encontro Nacional de Pesquisadores em Jornalismo e será organizado no dia 8 de novembro, às 20h, na FAC/UnB.

A obra é direcionada àqueles que aprendem, ensinam ou que pesquisam jornalismo impresso. Este volume pretende registrar o estado da arte da produção laboratorial em jornalismo impresso no Brasil, em suportes como jornais, revistas e jornais-murais. Além disso, objetiva oferecer suporte teórico-metodológico em dinâmicas materiais nos âmbitos de ensino, extensão e pesquisa, funções traduzidas no papel das universidades. São textos que destacam rotinas produtivas, inovações, interdisciplinaridade, relatos de experiências, história, legislação e outros aspectos que, somados, constituem uma pedagogia do jornal-laboratório.

Outras informações podem ser acessadas aqui.




Captura de Tela 2013-11-05 às 18.19.45Dando continuidade às reflexões do primeiro volume, o livro Rádio e Pânico 2: a Guerra dos Mundos 75 anos depois, organizado por Eduardo Meditsch, traz novos estudos brasileiros sobre o programa mais famoso da história do rádio e seus desdobramentos. A obra vai integrar a Sessão de Lançamentos da SBPJor 10 anos, que será promovida no dia 8 de novembro, às 20h, no subsolo da FAC/UnB.

A publicação analisa a adaptação para o rádio do romance de ficção científica A Guerra dos Mundos, do inglês H. G. Wells, que foi produzida na CBS dos Estados Unidos pelo “Mercury Theater on the Air”. Dos seis milhões de pessoas que ouviram o programa, um milhão entrou em pânico, porque a peça de radioteatro adotou um formato jornalístico que levou os ouvintes a acreditarem que a Terra estava realmente sendo invadida por marcianos. Nas repetições da experiência em outros países (inclusive no Maranhão, no Brasil), este efeito foi repetido.

O livro reúne 15 textos que analisam a produção e seu contexto, além de um CD com a nova versão brasileira do programa, produzida pelo Núcleo de Peças Radiofônicas de Porto Alegre.
Para saber mais, clique aqui.



Rede de Pesquisa em Telejornalismo lança volume sobre manifestações
Captura de Tela 2013-11-05 às 18.17.52A Rede de Pesquisadores em Telejornalismo da SBPJor publica, no próximo dia 8, o segundo volume da Coleção Jornalismo Audiovisual. #telejornalismo: nas ruas e nas telas é uma obra organizada por Alfredo Vizeu, Flávio Porcello e Iluska Coutinho. O lançamento será às 20h, na UnB, Campus Darcy Ribeiro.

A obra reúne as pesquisas realizadas por 14 integrantes da Rede que – de norte a sul, de leste a oeste do Brasil, em cada uma de suas regiões – direcionam o olhar para o papel do telejornalismo diante das manifestações de ruas que aconteceram no país em junho deste ano. Nesse sentido, a multiplicidade dos olhares trouxe importantes constatações sobre o discurso, a narrativa, a linguagem verbal e não-verbal dos telejornais, bem como a ampliação das plataformas por onde as notícias chegavam ao público.


É esta a razão do nome deste segundo volume – #telejornalismo – pois o telejornal hoje está em vários suportes e mídias e até mesmo nas telas convencionais da TV, onde ele estreou há 63 anos. A coletânea propõe reflexões sobre os dilemas do dia a dia dos telejornais, o papel dos seus produtores, repórteres, editores, cinegrafistas, e a responsabilidade das emissoras que os exibem.


Informações complementares podem ser acessadas aqui.


Fonte: SBPJor

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta postagem.