A propósito da paralisação de hoje no Campus Araguaia da Universidade Federal de Mato Grosso, o Diretório Central de Estudantes do campus divulgou a seguinte mensagem no Facebook:



"Diante de algumas dúvidas da comunidade acadêmica quanto a paralisação de amanhã (0708) esclareceremos alguns pontos:

1. O DCE, ontem e hoje, passou em quase todas as salas de aula, com exceção das que não encontramos nos períodos de aula e as que eventualmente estavam em atividade avaliativa, a fim de convocar uma paralisação discente para quarta, 7.
2. A paralisação se dará em apoio aos estudantes da UFMT/Sinop que estão em greve desde o dia 22/07 e desde ontem estão ocupando a reitoria em Cuiabá.
3. Também é objetivo da paralisação pautas e reivindicações locais do Campus do Araguaia, que são:
a. Aquisição do Piquisão II (promessa de campanha da reitora)
b. Café da manhã no RU (promessa de campanha da reitora)
c. Melhoria na estrutura dos laboratórios
d. Contratação de técnicos e professores
Ressaltamos que essas pautas não vem de hoje, e que as tratativas do DCE com a administração da universidade já vem de longa data, e temos avançado em algumas e nem tanto em outras, deste modo, o objetivo da paralisação é reforça-las, e chamar a atenção para estas deficiências;
4. O Pequisão funcionará normalmente, assim como o RU.
5. Nenhum aluno será impedido de entrar no campus, no entanto, chamamos a atenção para importância da paralisação e de suas pautas, e da unicidade desta luta que beneficiará todos, lembrando que paralisações são instrumentos históricos de luta por direitos e que tem dado resultados ao longo do tempo.
6. A paralisação se dará somente na quarta, 7, e não há nenhum indicativo de greve, tão pouco, haverá greve por parte dos discentes.
7. Levem faixas, cartazes, violão, pandeiro, lanche e muita animação... Vamos reivindicar e mostrar nossa força e união.

Contamos com a participação de todos!"

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta postagem.