Todo dia, pessoas se inscrevem pela internet e caminham com Marcus Andrey.
'Importante é ter compromisso consigo mesmo e com o outro', defende.


Quem lê o título desta reportagem pode não entender como é possível que a internet colabore para alguém emagrecer. No entanto, a invenção está dando certo: na semana passada, a pesagem mensal do jornalista Marcus Andrey marcou 119,9 kg na balança, 20 a menos que seu peso inicial, após quatro meses de esforços. Tudo isso porque desde o dia 6 de novembro de 2012, Marcus acorda cedinho, por volta das 5h da manhã, com os raios da Aurora, rua onde mora no centro do Recife. Durantes estes 126 dias, ele tem convidado voluntários pela internet, através de seu blog e de redes sociais, para andar cerca de 6 quilômetros em diferentes parques da cidade. Ele é o inventor da chamada “Dieta da Rede Social”, com o objetivo de ter uma companhia diferente a cada dia como incentivo para emagrecer 40 quilos em 365 dias ininterruptos de caminhadas.
Marcus Andrey (Foto: Lorena Aquino/G1)Todos os dias, Marcus caminha cerca de 6 quilômetros na companhia de um voluntário. Ele tem um aplicativo no celular que indica a quantidade de metros caminhados  (Foto: Lorena Aquino/G1)
Dia após dia, com a ajuda das redes sociais, uma pessoa diferente vem trazer um novo tema para distrair as caminhadas. As pessoas podem fazer a inscrição para ser voluntário através do blog que o jornalista mantém, contando como foi a caminhada do dia. Os textos também são divulgados através do Facebook, o que amplifica a divulgação. Os voluntários são amigos, conhecidos e até mesmo gente que simplesmente gostou da ideia e resolveu colaborar. “Essa dieta trouxe meus amigos para mim. Aqui eu me relaciono com as pessoas, fico em dia com os ‘babados’ e todo mundo sempre tem algo a acrescentar”, afirma Marcus Andrey. Ele gosta de saber que a cada único dia de esforço de um dos voluntários é mais um importante dia cumprido nos seus 365 planejados.
“Como eu perdi 50% do meu peso em 33% do tempo, é possível que eu consiga perder ainda mais, ao final de um ano”, acredita Marcus Andrey. Ele afirma que, se der certo, vai iniciar o que chama de "fase dois" do projeto. Atualmente, ele faz caminhadas diárias, mas pretende levar a dieta para uma academia, se chegar aos 100 quilos antes do previsto. “Vou tentar negociar duas bolsas para fazer musculação, e continuar tendo uma companhia diferente a cada dia. Acredito que é possível adaptar”, explica.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta postagem.